Lista

Martinho Lutero

O coração de um homem é uma roda de moinho que trabalha sem cessar; se nada for jogado para moer correrás o risco de que ele triture a si mesmo.

A guerra é a maior praga que assola a humanidade; destrói a religião, destrói as nações, destrói famílias. É o pior dos males.

A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.

Nada se esquece mais lentamente que uma ofensa e nada mais rápido que um favor.

De trabalho não há quem morra.

A faculdade da audição é uma coisa sensível: muito cedo se sacia e em pouco tempo se cansa e aborrece.

Aquele a quem não lhe agrada o vinho, nem a mulher, nem o canto, será um néscio toda sua vida.

A humildade dos hipócritas é o maior e o mais altanero dos orgulhos.

Uma mentira é como uma bola de neve; quanto mais gira, maior se torna.

Existe três cachorros perigosos: a ingratidão, a soberba e a inveja. Quando mordem deixam uma ferida profunda.

O coração do homem é como o mercúrio, tanto está aqui agora, como logo a seguir está noutro lugar, hoje assim, amanhã a pensar de outra forma.

Pensamentos não pagam imposto alfandegário.

O mundo é como um camponês embriagado; basta ajudá-lo a montar sobre a sela de um lado para ele cair do outro logo em seguida.

A medicina cria pessoas doentes, a matemática, pessoas tristes, e a teologia, pecadores.

Todo o pecado é um tipo de mentira.

No casamento, cada pessoa deve realizar a função que lhe compete. O homem deve ganhar dinheiro, a mulher deve economizar.

A família é a fonte da prosperidade e da desgraça dos povos.

Até os quarenta anos o homem permanece louco; quando então começa a reconhecer a sua loucura, a vida já passou.

Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinquenta, não pode esperar ser tudo isso depois.

Seja pecador e peque fortemente, mas acredite ainda mais fortemente.

Deve-se doar com a alma livre, simples, apenas por amor, espontaneamente!

Os sinos tocam de modo muito diferente do normal quando morre um amigo.

O pior adorno que uma mulher pode querer usar é ser sábia.

De trabalho não há quem morra.

A mentira é como a bola de neve; quanto mais rola, tanto mais aumenta.

Nada se esquece mais lentamente que uma ofensa e nada mais rápido que um favor.

A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço.

Jamais alguém se arrependeu de ter-se acostumado a madrugar e a ter-se casado jovem.

Cada coisa que é feita no mundo é feita pela esperança.

O coração do homem é como o mercúrio, tanto está aqui agora, como logo a seguir está noutro lugar, hoje assim, amanhã a pensar de outra forma.

Até aos quarenta anos o homem permanece louco; quando então começa a reconhecer a sua loucura, a vida já passou.

Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinquenta, não pode esperar ser tudo isso depois.

Deve-se doar com a alma livre, simples, apenas por amor, espontaneamente!

Sê pecador e peca fortemente, mas crê ainda mais fortemente.

A família é a fonte da prosperidade e da desgraça dos povos.

Os sinos tocam de modo muito diferente do normal quando morre um amigo.

A mentira é como uma bola de neve; quanto mais rola, tanto mais aumenta.

No casamento, cada pessoa deve realizar a função que lhe compete. O homem deve ganhar dinheiro, a mulher deve economizar.

Pensamentos não pagam imposto alfandegário.

O mundo é como um camponês embriagado; basta ajudá-lo a montar sobre a sela de um lado para ele cair do outro logo em seguida.

A medicina cria pessoas doentes, a matemática, pessoas tristes, e a teologia, pecadores.

Todo o pecado é um tipo de mentira.

Deixe uma resposta

Close