Cher

Compartilhar:

Sim, este mundo é dos homens, mas está tudo bem pois eles estão fazendo uma bagunça total nele. Estamos tirando o controle deles, pegando as partes que queremos. Algumas mulheres acham que é uma tarefa difícil, mas não é.

Palavras são como armas; às vezes elas ferem.

As mulheres precisam turbinar seus poderes, esta é a verdade. É só aprender a não aceitar o primeiro não. E se você não conseguir ir em frente, é só contornar pelo cantinho.

As mulheres são as verdadeiras arquitetas da sociedade.

Enquanto você estiver preparado para parecer um otário, jamais terá a possibilidade de ser grande.

O problema com algumas mulheres é que elas se excitam por nada e aí acabam casando.

Todos os homens deveriam ser como Kleenex: sofisticados, fortes e descartáveis.

Homens não são uma necessidade. São um luxo.

Não é necessário, para se tornar uma pessoa completa, ter um homem ao meu lado. Não é o objetivo nem a motivação da minha vida.

Nesse ramo leva-se tempo para ser realmente bom – e nessa hora, você já se tornou obsoleto.

Se você for negro neste país, se você for uma mulher neste país, se você for de alguma minoria neste país, o que pode impedi-lo de votar nos Republicanos?

Se você realmente quer uma coisa, pode descobrir um meio de fazer acontecer.

Eu sempre corri riscos, e nunca me preocupei com o que o mundo poderia pensar de mim.

Ainda sou amiga de todos os meus ex, com exceção dos meus maridos.

Morro de medo de ficar pobre. É como uma menina gorda que perde 200 quilos mas se sente obesa por dentro. Cresci pobre e sempre me sentirei pobre por dentro. Essa é a minha maior paranóia.

Não vou me tornar Ann Bancroft ou Meryl Streep e ter toda a pressão conferida às ‘atrizes sérias’.

Estou aprendendo inglês no momento. Sei dizer ‘Big Ben’, Hello rodney’, ‘Tower Bridge’ e ‘Loo’.

Sou insegura com tudo, porque… jamais vou olhar no espelho e ver esta garota loura de olhos azuis. Essa é a minha idéia sobre como eu gostaria de me parecer.

Não quero poder fazer o que estou fazendo para sempre. Não há muitos papéis por aí para peruas cinquentonas.

Só dou satisfações a duas pessoas, eu mesma e Deus.

Eu não preciso de um homem. Mas sou mais feliz com um. Gosto de ter alguém que posso tocar e apertar e beijar. Mas eu não me retorço e morro se não tiver um homem por perto.

Não gosto do Bush. Não confio nele. Não gosto do passado dele. Ele é estúpido. É preguiçoso.

Posso confiar em meus amigos. Essas pessoas me forçaram a me auto-examinar, me encorajaram a crescer.

Maridos são como labaredas – sempre apagam quando a gente deixa de dar atenção.

Sentir fome nunca me aborreceu, o que me aborrecia era não ter roupas.

Não deixe seus brinquedos em casa só porque está chovendo.

Todos que são bons de beijo sempre me interessaram.

Uma mulher pode esperar o homem certo aparecer mas neste meio tempo não significa que ela não pode ter maravilhosos momentos com todos os homens errados.

O problema das mulheres é que elas ficam animadíssimas com nada e aí se casam com ele.


Compartilhar:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta