Lista

Junior Lima

Tenho orgulho da maneira como eu e a Sandy fomos criados. Eu sempre conto com os conselhos dos meus pais.

As pessoas têm de entender que fazer a segunda voz é tão difícil quanto a primeira.

É legal tentar se virar sozinho agora mesmo, o quanto antes… É claro que somos muito jovens para decidir tudo, por isso conto muito com o conselho dos meus pais.

A fama vicia. Eu ainda, graças a Deus, não sei o que é fracasso.

Sou privilegiado por fazer o que gosto.

A pior fase foi aos 13 pros 14 anos, quando minha voz estava mudando e eu desafinava à toa. Daí, fiz fonoaudiologia, aula de canto e agora está tudo bem.

Algumas fãs são ousadas mesmo, já chegaram até a passar a mão no meu bumbum…

Desde pequeno, eu encostava a orelha na caixa de som para escutar a voz do meu tio, Chitãozinho, e aprender a fazer a segunda voz.

Para mim, a garota ideal tem que ver as coisas pelo lado bom, sempre. E ser simples, porque eu sou assim.

Não vou só pela beleza. Pra namorar, tem uma série de coisas que contam. É preciso ver se existem afinidades. Nem sempre as mais recatadas são as mais agradáveis.

Toco um pouco de guitarra e violão. Aprendo sozinho e rápido.

Para namorar não tenho muito tempo, mas vivo arrumando paqueras.

Sou romântico e não tenho a mínima vergonha de mostrar que sou assim. Não sou o tipo que só quer ficar com a menina um dia e depois ir embora.

Não tenho vontade de sair da casa dos meus pais para morar sozinho ou com uma namorada. Eles não me regulam em nada, a gente convive superbem.

Jamais deixaremos de atender a um pedido de autógrafo ou de foto.

Deixe uma resposta

Close