Lista

Lucius Annaeus Sêneca

Morremos como mortais que somos, e vivemos como se fôramos imortais.

O lazer sem as belas-letras é como a morte e a sepultura do homem vivo.

É muito comum acontecer de justamente quem viveu muito ter vivido pouco.

Ninguém se preocupa em ter uma vida virtuosa, mas apenas com quanto tempo poderá viver. Todos podem viver bem, ninguém tem o poder de viver muito.

O importante é viver bem, não viver por muito tempo; e muitas vezes vive bem quem não vive muito.

A felicidade é não carecer de a termos.

Aos outros perdoa sempre, a ti nunca.

Que se cale aquele que fez um benefício. Que o divulgue aquele que o recebeu.

Trabalha como se vivesses para sempre. Ama como se fosses morrer hoje.

Pobre não é aquele que tem pouco, mas antes aquele que muito deseja.

Vive de tal maneira que não faças nada que não possas dizer aos teus inimigos.

Os desejos da vida formam uma corrente cujos elos são as esperanças.

Quem dá de boa vontade dá duas vezes.

Cala-te primeiro se queres que os outros se calem.

Procura a satisfação de veres morrer os teus vícios antes de ti.

O benefício que a todos se faz, a nenhum se faz.

Possuir um bem, sem o partilhar, não tem qualquer atrativo.

O que quiseres que outro cale, cala-o tu mesmo.

É errado quando acreditas em cada um, mas também é errado quando não acreditas em ninguém.

Os vícios de outrora são os costumes de hoje.

Ao avarento falta-lhe tanto o que tem quanto o que não tem; ao luxo faltam muitas coisas, à avareza todas.

Leve, uma carga faz do outro devedor; pesada, faz dele um inimigo.

Um atleta não pode chegar à competição muito motivado se nunca foi posto à prova.

Aquele que executa de bom grado as ordens escapa ao lado penoso da submissão: fazer o que nos repugna.

A utilidade mede a necessidade: e como avalias o supérfluo?

Este é o único motivo pelo qual não nos podemos queixar da vida: ela não segura ninguém.

A vida, sem uma meta, é completamente vazia.

Existe muita diferença entre uma vida tranquila e uma vida ociosa.

Uma ira desmedida acaba em loucura; por isso, evita a ira, para conservares não apenas o domínio de ti mesmo, mas também a tua própria saúde.

Os vícios: é mais fácil desarraigá-los do que refreá-los.

A avareza tira aos outros o que recusa a si própria.

Toda a arte é imitação da natureza.

Útil é ao mancebo amar, indecoroso ao velho.

Presume do teu amigo que algum dia o poderás ter como inimigo.

A deformidade do corpo não afeia uma bela alma, mas a formosura da alma reflete-se no corpo.

Maior sou e para maiores coisas nasci do que para ser escravo da minha carne.

Desventurado é aquele que por tal se julga.

Uma grande riqueza é uma grande escravidão.

O tempo revela a verdade.

É preciso dizer a verdade apenas a quem está disposto a ouvi-la.

Infeliz é o espírito ansioso pelo futuro.

Dedica-se a esperar o futuro apenas quem não sabe viver o presente.

O fogo é a prova do ouro; a miséria, a do homem forte.

A maldade bebe a maior parte do veneno que produz.

Antes queria ser derrotado no bem do que vencer no mal.

Não te interesses sobre a quantidade, mas sim sobre a qualidade dos vossos amigos.

Não temos de nos preocupar em viver muito tempo, mas em viver em pleno.

Viver significa lutar.

O único segredo que as mulheres sabem guardar é aquele que ignoram.

A mulher ou ama, ou odeia; com ela não há uma terceira hipótese.

Nunca ninguém enriqueceu com dinheiro.

Enquanto protelamos a vida passa por nós a correr.

A companhia da multidão é nociva: há sempre alguém que nos ensina a gostar de um vício, ou que, sem que percebamos, transmite-nos esse vício por completo ou em parte. Quanto mais numerosas forem as pessoas com as quais convivemos, maior é o perigo.

Quando consideras o número de homens que estão diante de ti, pensa em quantos te seguem!

Na vida pública, ninguém olha para os que estão pior, mas apenas para os que estão melhor.

Perguntas-me qual foi o meu progresso? Comecei a ser amigo de mim mesmo.

Todos os meus bens estão comigo.

Não há nada mais belo do que ser tão querido da tua mulher, que te tornas querido de ti mesmo.

Comandar não significa dominar, mas cumprir um dever.

Comporta-te com o teu inferior como gostarias que o teu superior se comportasse contigo.

Se um grande homem cair, mesmo depois da queda, ele continua grande.

Mais do que saber o que foi feito, melhor será apurar o que fazer.

Os homens que se tornam arrogantes com o sucesso têm o mau hábito de odiarem aqueles a quem ofenderam.

Evitamos a inveja se guardarmos as alegrias para nós próprios.

O homem acredita mais com os olhos do que com os ouvidos. Por isso longo é o caminho através de regras e normas, curto e eficaz através do exemplo.

O esforço chama sempre pelos melhores.

A economia por si só é uma grande fonte de receitas.

Ninguém é obrigado a correr pela via do sucesso.

Toda a felicidade é incerta e instável.

Aquilo que foi doloroso suportar torna-se agradável depois de suportado; é natural sentir prazer no final do próprio sofrimento.

Nenhum bem sem um companheiro nos dá alegria.

Um velho provérbio diz que é na arena que o gladiador deve aconselhar-se.

Raros são aqueles que decidem após madura reflexão; os outros andam ao sabor das ondas e longe de se conduzirem deixam-se levar pelos primeiros.

Quando se navega sem destino, nenhum vento é favorável.

É grande quem usa vasos de argila como se fossem de prata, mas não é inferior quem usa vasos de prata como se fossem de argila. Uma alma fraca não sabe suportar a riqueza.

É grande quem sabe ser pobre na riqueza.

É justamente através dos prazeres que nascem as causas da dor.

Quem é temido, teme: não pode ficar tranquilo quem é objeto do medo alheio.

Se é mesmo verdade o que os sábios nos dizem e se existe um lugar que nos acolhe depois da morte, talvez o amigo que acreditamos extinto tenha apenas nos precedido.

A ignorância, ou melhor, a demência humana é tão grande que alguns são levados à morte justamente pelo medo da morte.

Nisto erramos: em ver a morte à nossa frente, como um acontecimento futuro, enquanto grande parte dela já ficou para trás. Cada hora do nosso passado pertence à morte.

Não se pode acreditar que é possível ser feliz procurando a infelicidade alheia.

Todo o prazer tem o seu momento culminante quando está para acabar.

As ideias belas e verdadeiras pertencem a todos.

Justamente aquelas coisas que provocam mais medo são menos temíveis.

Os fatos devem provar a bondade das palavras.

Não é da morte que temos medo, mas de pensar nela.

Alguns cessam de viver antes de começar a viver.

Morremos a cada dia, a cada dia falta uma parte da vida.

A fome não é exigente: basta contentá-la; como, não importa.

As coisas não são elogiadas porque são desejáveis, mas desejadas porque são elogiadas.

Podes conhecer o espírito de qualquer pessoa, se observares como ela se comporta ao elogiar e receber elogios.

Não importa a quantidade de livros que tens, mas a sua qualidade.

Acredita na sua fidelidade: farás com que seja fiel.

Tudo o que é enraizado e congénito pode ser atenuado pela educação, mas não vencido.

A vantagem é recíproca, pois os homens, enquanto ensinam, aprendem.

Diz todas estas coisas aos outros, mas de modo que, ao dizê-las, tu também possas ouvi-las.

Não estudamos para a vida, mas para a escola.

Os progressos obtidos por meio do ensino são lentos; já os obtidos por meio de exemplos são mais imediatos e eficazes.

A glória é a sombra da virtude, e acompanhá-la-á sempre, mesmo se esta não quiser. Mas, assim como a sombra ora precede, ora segue os corpos, a glória às vezes mostra-se visível à nossa frente, outras vezes, vem atrás de nós.

A principal e mais grave punição para quem cometeu uma culpa está em sentir-se culpado.

Um crime bem sucedido e favorecido pela sorte é chamado de virtude.
Obs.: Uma peça ‘Hércules Furioso’.

Cometeu o crime quem dele recebeu benefícios.

A lei deve ser breve para que os indoutos possam compreendê-la facilmente.

A filosofia ensina a agir, não a falar.

O trabalho espanta os vícios que derivam do ócio.

Quem vive na tranquilidade, que seja mais ativo; quem vive na atividade deve encontrar tempo para descansar. Segue a natureza: ela te lembrará que fez o dia e a noite.

Não é que ele queira prosseguir, na verdade ele não sabe estar parado.
Obs.: A referência é feita a Alexandre, o Grande, e às suas conquistas.

A agitação contínua numa vida tumultuosa não é atividade saudável, mas inquietação.

O início da salvação é o conhecimento da culpa.

Vale a pena experimentar também a ingratidão para encontrar um homem grato.

Muitas vezes uma pequena oferta produz grandes efeitos.

Quem acolhe um benefício com gratidão, paga a primeira prestação da sua dívida.

Vive com os homens como se Deus te estivesse a ver; fala com Deus como se os homens te estivessem a ouvir.

Um timoneiro que se preze continua a navegar mesmo com a vela despedaçada.

A supressão dos desejos é também um remédio útil contra o medo.

É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.

A embriaguez excita e traz à luz todos os vícios, tirando aquele senso de pudor que constitui um travão aos instintos ruins.

Os males de que foges estão em ti.

Do mal não pode nascer o bem, assim como um figo não nasce de uma oliveira: o fruto corresponde à semente.

Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas.

As coisas que nos assustam são em maior número do que as que efetivamente fazem mal, e afligimo-nos mais pelas aparências do que pelos fatos reais.

Até mesmo de um corpúsculo disforme pode sair um espírito realmente forte e virtuoso.

Sou muito grande, e muito superior é o destino para o qual nasci, para que eu possa permanecer escravo do meu corpo.

Se quiseres ser amado, ama.

O amor não pode coexistir com o temor.

O trabalho é o alimento das almas nobres.

Os desgostos da vida ensinam a arte do silêncio.

Quando o sangue respira o ódio, não pode dissimular-se.

Depois da morte não há nada e a morte também não é nada.

Se me apetece rir de um louco, não preciso de ir procurar muito longe; rio de mim mesmo.

A educação exige os maiores cuidados, porque influi sobre toda a vida.

Ensinando, aprende-se.

As dores ligeiras exprimem-se; as grandes dores são mudas.

O destino conduz o que consente e arrasta o que resiste.

A coragem conduz às estrelas, e o medo à morte.

Devemos ir buscar a coragem ao nosso próprio desespero.

O discurso é o rosto do espírito.

Há um certo prazer parente da tristeza.

Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida.

Foges em companhia de ti próprio: é de alma que precisas de mudar, não de clima.

Deixarás de temer quando deixares de ter esperança.

Alguns chefes são considerados grandes porque lhes mediram também o pedestal.

Ninguém é tão velho que não espere que depois de um dia não venha outro.

A parte mais importante do progresso é o desejo de progredir.

Nunca a fortuna põe um homem em tal altura que não precise de um amigo.

A virtude é difícil de se manifestar, precisa de alguém para orientá-la e dirigi-la. Mas os vícios são aprendidos sem mestre.

O amor não se define; sente-se.

Devem ser evitados os tristes de que tudo se queixam.

O homem que sofre antes de ser necessário, sofre mais que o necessário.

Deixe uma resposta

Close