Lista

Marta Suplicy

Agora, em todas as idades, é uma libido que se levanta, viu?
Obs.: Prefeita de São Paulo, sobre a paixão em diferentes idades.

Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?

Nesta altura da vida, depois de oito anos de análise, eu não tenho mais complexo de ser rica. Mas meu marido tem.
Obs.: Sobre o seu marido Eduardo Matarazzo Suplicy.

A separação foi muito dolorosa. Me diziam que as pessoas poderiam não entender. Mas não era justo. Não era justo comigo, não era justo com o Eduardo nem com nossos filhos.
Obs.: Explicando sua separação do senador Eduardo Suplicy (PT), em 18.ago.04.

O que eu fiquei espantada, pasma, é com a falta de informação ou má-fé do candidato Serra. Eles vieram fazer uma proposta, que valha-me Deus, eu teria vergonha, como ex-ministro da Saúde, propor aquilo. Aquilo já existe na cidade e é aquém do que já existe.
Obs.: Sobre o programa ‘Mãe Paulistana’, apresentado por Serra, em 27.ago.04.

O que eu fiquei espantada, pasma, é com a falta de informação ou má-fé do candidato Serra. Eles vieram fazer uma proposta, que valha-me Deus, eu teria vergonha, como ex-ministro da Saúde, propor aquilo. Aquilo já existe na cidade e é aquém do que já existe.
Obs.: Sobre o programa ‘Mãe Paulistana’, apresentado por Serra, em 27.ago.04.

As mulheres de outros candidatos ao governo do Estado de São Paulo são simplesmente esposas. Eu não. Sou Marta Suplicy.

Eu estou satisfeita com o resultado da pesquisa. Mostra que nós temos que trabalhar mais com nossa militância. Vamos continuar trabalhando e prestando contas do que fizemos esses anos todos.
Obs.: Sobre liderança em pesquisa Datafolha, em 11/08/04.

Paixão é pesadelo, tortura e sonho enquanto dura. Pobre de quem nunca a viveu.

Deixe uma resposta

Close