Camilo Castelo Branco

Compartilhar:

Viver é ansiar a felicidade possível e a impossível.

O silêncio é uma confissão.

A escala dos sofrimentos humanos é infinita.

A saudade pelos vivos é dor suave.

A alegria precisa chorar, como a dor.

A paciência é a riqueza dos infelizes.

O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida.

Os dias prósperos não vêm por acaso. Nascem de muita fadiga e muitos intervalos de desalento.

As maiores desgraças são aquelas que a si próprias não podem perdoar.

O extremo de um grande prazer é um desgosto.

A castidade, além de ser em si e virtualmente uma coisa boa, tem ignorâncias anatómicas e inconscientes condescendências com as impurezas alheias.

A verdadeira lei do progresso moral é a caridade.


Compartilhar:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta