Francis Bacon

Compartilhar:

Aquele que não consegue perdoar aos outros, destrói a ponte por onde irá passar.

Não se aprende bem a não ser pela experiência.

As casas são construídas para que se viva nelas, não para serem olhadas.

Onde o homem se apercebe que há um pouco de ordem, supõe imediatamente ser demais.

A glória assemelha-se ao mercado: por vezes, quando nos demoramos, os preços baixam.

Todo o homem se descobre sete anos mais velho na manhã seguinte ao casamento.

Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.

A amizade duplica as alegrias e divide as tristezas.

A discrição é para a alma o que o pudor é para o corpo.

O costume é o principal moderador dos atos humanos. Esforcemo-nos por adquirir e conservar bons costumes.

O homem cortês está certo de que o seu coração não será jamais uma ilha solitária.

Alguns desprezam a riqueza porque desprezam a idéia de enriquecer.

Ganhos fáceis fazem carteiras pesadas.

Um homem esperto cria mais oportunidades do que encontra.
O tempo é o maior inovador.

A verdade surge mais facilmente do erro do que da confusão.

A prosperidade prontamente descobre o vício; mas a adversidade logo descobre a virtude.

Não busqueis riquezas com arrogância, mas apenas as que possais obter justamente, não moderadamente, distribuei alegremente, e partai satisfeitos.

A riqueza é para ser gasta.

Aquele que dá bons conselhos, constrói com uma mão; aquele que dá bons conselhos e exemplo, constrói com ambas; o que dá boa admoestação e mau exemplo constrói com uma mão e destrói com a outra.

O dinheiro é um bom criado, mas um mau senhor.

Os jovens estão mais aptos a inventar que a julgar; mais aptos a executar que a aconselhar; mais aptos a tomar a iniciativa que a gerir.

Em geral, na natureza humana existe mais tolice do que sabedoria.

O modo mais seguro de prevenir as revoltas… é eliminar a sua matéria.

As esposas são amantes dos homens mais jovens, companheiras para a meia-idade e amas para os velhos.

Os estudos aperfeiçoam a natureza e são aperfeiçoados pela experiência.

Passar muito tempo estudando é preguiça.

A fama é como um rio, que mantém à superfície as coisas leves e infladas, e arrasta para o fundo as coisas pesadas e sólidas.

As obras e fundações mais nobres nasceram de homens sem filhos.

A vingança é uma espécie de justiça selvagem.

Há pouca amizade no mundo, sobretudo entre pessoas da mesma classe.

O silêncio é a virtude dos loucos.

Sempre se admitiu que a poesia participava do divino porque eleva e arma o espírito submetendo a aparência das coisas aos desejos da alma, enquanto a razão constrange e submete o espírito à natureza das coisas.

São maus descobridores os que pensam que não existe terra porque só podem ver o mar.

A prosperidade não está isenta de muitos temores e desprazeres, e a adversidade não está desprovida de conforto e esperança.

Um quadro não pode exprimir a maior parte da beleza.

Todo o acesso a uma alta função se serve de uma escada tortuosa.

Evitar as superstições é uma outra superstição.

O conhecimento é por si só um poder.

Não há beleza perfeita que não contenha algo de estranho nas suas proporções.

O futuro do homem está oculto no seu saber.

Instrução e capacidade humana são sinônimos.

Não há comparação entre o que se perde por fracassar e o que se perde por não tentar.

As democracias costumam ser mais calmas e estão menos expostas à sedução do que o regime governado por uma estirpe de nobres.

A dúvida: a escola da verdade.

As descobertas já conseguidas se devem ao acaso e à experiência vulgar mais do que à ciência.

O tempo é a medida dos negócios, como o dinheiro o é das mercadorias.

O argumento se assemelha ao disparo de uma besta, é efetivo tanto quando dirigido a um gigante como a um anão.

O papel mais honroso numa conversa corresponde ao que dá a ocasião a ela, e depois ao que a dirige e faz com que passe de um assunto a outro, pois assim um dirige a dança.

Nada faz suspeitar tanto de um homem como o saber pouco.

Escolher o próprio tempo é ganhar tempo.

A desvirtude mais vergonhosa é a adulação.

Alguns livros são provados, outros devorados, pouquissimos mastigados e digeridos.

A antigüidade do tempo é a juventude do mundo.

É muito difícil fazer compatíveis a política e a moral.

Nada se sabe bem senão por meio da experiência.

A lógica, dado o mau uso que dela se faz, vale mais para estabilizar e perpetuar os erros cimentados sobre o terreno das idéias vulgares, que para conduzir à descoberta da verdade.

A maravilha de um só floco de neve supera a sabedoria de um milhão de meteorologistas.

Só obedecendo-a se domina a natureza.

A discrição é uma virtude, sem a qual deixam as outras de sê-lo.

No que ação se refere, o homem não pode fazer outra coisa senão aproximar ou separar os corpos naturais; o resto é trabalho da natureza.

Enquanto admiramos e exaltamos as faculdades da inteligência humana, esquecemo-nos de procurar seus verdadeiros colaboradores.

A felicidade dos grandes consiste não em sentir-se felizes, mas em compreender o quão felizes os outros pensam que eles têm de ser. A inveja é o verme roedor do mérito e da glória.

Preferi estudar os livros que aos homens.

Pouca ciência afasta muitas vezes de Deus, e muita ciência conduz sempre a Ele.

Um jovem em anos pode ser velho em horas, se não perdeu o tempo.

O requisito do sucesso é a prontidão nas decisões.

A cabeça de muitas pessoas de alta estatura se parece com as casas; o andar mas alto é o pior mobiliado.

O mau quando se finge bom, é péssimo.

A perfeição da própria conduta cuida em manter cada qual sua dignidade sem prejudicar a liberdade alheia.

Uma pessoa que quer vingança guarda suas feridas abertas.

A ocasião há que se criar, não esperar que chegue.

A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso.

As viagens são na juventude uma parte de educação e, na velhice, uma parte de experiência.

Os crocodilos vertem lágrimas quando devoram a suas vítimas. Eis sua sabedoria.

Velha madeira para arder, velho vinho para beber, velhos amigos em quem confiar, e velhos autores para ler.

Sem a amizade, o mundo é um deserto.

Quem não quer pensar é um fanático; quem não pode pensar, é um idiota; quem não ousa pensar é um covarde.

Vingando-se, um homem iguala-se a seu inimigo; perdoando-o, mostra-se superior a ele.

A amizade duplica as alegrias e divide as angústias ao meio.

O respeito de si próprio é, depois da religião, o principal freio de todos os vícios.

Já não é leve o perigo, quando parece leve.

O ouro é como adubo; só presta se espalhado.

Os filhos suavizam as penas, mas fazem mais amargas as desgraças.

Gostaria de viver para estudar, e não de estudar para viver.

A esperança é ótimo almoço, mas péssimo jantar.

A pior solidão é não ter amizades verdadeiras.

O homem nada mais é que aquilo que sabe.

No Estado nada prejudica mais do que serem os astutos considerados sábios.

As nações são grandes máquinas que se movem vagarosamente.

Quanto mais o homem sorve o mundo, tanto mais se intoxica.

O homem põe a sua ventura e a sua glória no que o atormenta.

Na caridade não há excessos.

Quem não quer aplicar novos remédios deve esperar novos males.

É um estranho desejo buscar o poder e perder a liberdade.

Tenho refletido muito sobre a morte, e estou certo, agora, de que ela é o menor dos males.

Não há homem que prospere mais rapidamente que o que se aproveita dos erros alheios.

Dá à fé o que a fé pertence.

Quem tem mulher e filhos deu reféns à sorte.

Quanto melhor o dançarino, pior o homem.

O gênio, o humor e o espírito de um povo revelam-se nos seus provérbios.

Com a vingança, o homem iguala-se ao inimigo. Sem ela, supera-o.

Nada, como pouco saber, faz o homem suspeitar muito.

Mais vale não fazermos nenhuma idéia de Deus do que fazê-la indigna Dele.

O amor da pátria começa na família.

Os homens temem a morte, como as crianças temem a escuridão.

O ambicioso não possui os seus bens – os bens é que o possuem.

O homem morre tantas vezes quantas perde amigos.

Os amigos são ladrões do tempo.

A prosperidade é a benção do Velho Testamento – a adversidade, a benção do novo.

A verdade é filha do tempo, não da autoridade.


Compartilhar:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta